Olá, visitante! Login ou Cadastro |

Roberto Frota

Autor

Roberto Frota

Compartilhar:  


Roberto Frota nasceu no Rio de Janeiro, Capital, no Hospital Alemão, Tijuca em vinte e seis de janeiro do ano de mil novecentos e trinta e nove.
Primogênito de José Arthur da Frota Moreira, advogado , recém nomeado Procurador de Justiça do Trabalho do Estado de São Paulo e posteriormente Deputado Federal por três magistraturas e de Zuleika de Castro Moreira, estudante da Escola de Belas Artes, pintora e poetisa. Aos dois anos e meio recebeu seu irmão Carlos.
Nessas alturas a família já morava em São Paulo, por exigência do cargo público exercido por seu pai, que também enveredava pela carreira política.
Viveu na capital paulista, no bairro de Vila Mariana até a idade de quatorze anos, quando perdeu a mãe, mudando-se, junto com seu irmão para o Rio de Janeiro, capital federal, onde se encontrava a Câmara dos Deputados.
Aos dezessete anos, do segundo casamento de seu pai, nasceu sua irmã, Ana Silvia. A família voltou a morar em São Paulo, mas Roberto permaneceu no Rio de Janeiro, continuando seus estudos nos colégios Andrews e Juruena. Aos dezenove foi nomeado para um cargo público, na Suseme, Superintendência de Serviços Médicos do Estado do Rio de Janeiro.
Em 1963, aos vinte e quatro anos, sofre a perda, em um intervalo de vinte e oito dias, de seu pai e seu irmão Carlos.
Aos vinte e nove anos contrai matrimonio com Anamaria, fonoaudióloga, do qual resultam dois filhos, Verônica e Thiago e matricula-se no curso de teatro de Maria Clara Machado, fundadora do Teatro Tablado, onde inicia-se na carreira de ator e diretor teatral.
A partir daí foram cerca de cinquenta espetáculos como ator profissional, dentre os quais Cemitério de Automóveis, Peer Gynt, Castro Alves Pede Passagem, O Interrogatório, O Cordão Umbilical e outros.
E novelas e séries para televisão como: Tieta, Pedra sobre Pedra, Corpo Santo, Mulheres apaixonadas, Corpo Santo, Riacho Doce, Ana Raio e Zé Trovão, Chiquititas, Terra Prometida, que lhe rendeu o Prêmio de Melhor Ator em Papel Cômico e outros. Em cinema, A Queda e Sombras de Julho.
Em 1981 casou-se em segundas núpcias com Angela, atriz, com a qual teve uma filha, Nina.
Em 1992 escreveu o argumento original do longa metragem "Se eu fosse você", um dos grandes sucessos do cinema nacional, que já gerou continuação e versões para teatro e televisão.
"Mão de Flor" é a estreia de Roberto Frota no terreno literário.

Livros deste Autor

Mão de Flor

Mão de Flor

VER MAIS

Newsletter

Quer ficar por dentro de nossas novidades? Assine nossa newsletter.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!