Olá, visitante! Login ou Cadastro |

BLOG


Como escrever diálogos no meu livro?

24 de janeiro de 2019

Como escrever diálogos no meu livro?

Dentro de uma narrativa, os diálogos são ferramentas que os escritores utilizam para dar vida aos personagens, visto que trazem a história para o tempo real e possibilitam ao leitor observar de forma direta como eles se comportam, se expressam e se relacionam. Podemos afirmar, que um diálogo é a interação entre personagensque estão agindo verbalmente. Nas histórias de ficção, o diálogo é escrito de forma que motivem os personagens a provocar uma reação no seu interlocutor.  
Por outro lado, os diálogos são ferramentas que podem dar suavidade ao texto, agilizar à trama e revelar os personagens, sua história perde muito se não o utilizar de forma correta.  
Escrever diálogos é uma arte que pode ser aprendida e vamos te ensinar agora: 

Ouça a voz dos seus personagens 
Você pode utilizar no seu texto o discurso indireto, no qual, o narrador fala pelo seu personagem, entretanto, se você quer que o leitor se identifique com seus personagens, com a história, você precisa deixar que eles falem em seus textos.  

Dialogo aproxima 
Quando o leitor se envolve com o diálogo, é como se ele tivesse vivendo a cena, as vozes dos personagens recriam na sua mente. O narrador não precisa dizer que o personagem está mentindo, o diálogo pode fazer isso, de forma que o leitor perceba.  

Momento de se utilizar diálogos 
Não existe momento ideal para se colocar o diálogo, tudo depende da sua história, do processo de escrita. Geralmente, o diálogo é utilizado para: aproximar o leitor do personagem; dar ritmo a história; oferecer pistas da trama; complementar uma ação; etc.  
Agora que você já sabe o porquê de se utilizar diálogos, vamos dar algumas dicas, para melhorar a escrita dos diálogos:  

1. Evite falar demais 
O diálogo serve para dar voz ao personagem, entretanto, evite falar demais, dar muitos detalhes do enredo pode prejudicar sua história. O diálogo fica melhor, quando tem uma breve narração em oposição a muita exposição.  

2. Não coloque no diálogo informações obvias 
Muitas vezes os autores se utilizam do diálogo, para escrever coisas óbvias da história, que já aparecem no subtexto. Por exemplo, uma cena em que o personagem vai atender o telefone, o narrador diz que ela vai atender e o diálogo começa com "alô". Ou o narrador fala, ou o personagem no diálogo.  

3. Use o conflito entre personagens 
O diálogo é geralmente entre duas pessoas, portanto, o utilize para mostrar o conflito de opiniões, de ponto de vistas, etc.  

4. Mantenha o ritmo 
O diálogo precisa manter um ritmo, isso é importante. Você pode balancear o diálogo com a narração, com a descrição e deixar os diálogos menores.  
 
Que tal colocar em prática?  
Continue acompanhando as dicas do Blog da Editora Viseu!
 


Últimos posts


Dia das Mães

08 de maio de 2019

Dia das Mães

LER

Sprint de escrita

24 de abril de 2019

Sprint de escrita

LER

Newsletter

Quer ficar por dentro de nossas novidades? Assine nossa newsletter.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!