Quais são os principais gêneros literários? - Editora Viseu
Olá, visitante! Login ou Cadastro |

BLOG



Onde Publicar meu livro

                                          Publique seu Livro
 

Quais são os principais gêneros literários?

08 de outubro de 2021

Quais são os principais gêneros literários?

Quais são os principais gêneros literários?

Não é de hoje que os seres humanos sentem a necessidade de se comunicar, seja por meios verbais ou não verbais. No primeiro caso, criou-se uma profusão de textos escritos, falados ou versos declamados, embora a linguagem não verbal também seja vigente e extremamente rica e importante. Assim, diante de todas essas manifestações da linguagem, fizeram emergir a necessidade de classificação dos textos, organizados e distribuídos consoante o gênero literário. Quer saber como surgiram e o que são os gêneros literários? Leia o texto abaixo. Desejamos uma boa leitura!

O que são gêneros literários?
Os gêneros literários são categorias em que se agrupam textos nos quais aspectos sintáticos, semânticos, fonológicos e formais apresentam semelhanças.
A necessidade de categorizar textos remonta à Antiguidade Clássica, quando o então filósofo Aristóteles, por meio da obra Arte Poética, instaura o que hoje conhecemos como Gêneros Literários Clássicos. 

São três os tipos de gêneros literários clássicos

Gênero Épico
Provavelmente você já ouviu falar ou até mesmo leu A Odisseia ou Ilíada, comumente atribuídas a Homero. De maneira geral, essas obras são estruturadas por meio de versos e objetivam narrar as aventuras e peripécias de Ulisses e Aquiles, respectivamente. 

Essas são justamente as características que melhor figuram esse gênero, ou seja, a estruturação por meio de versos e estrofes, a temática heroica e valorização dos aspectos culturais de um povo. 

Essa categoria também é conhecida como narrativa, justamente por apresentar elementos narrativos como enredo, personagens, narrador, tempo e espaço.

Gênero Lírico
Tenho certeza de que ao se reportar a esse gênero isso te faz pensar também em poesia. Provavelmente é porque na Antiguidade Clássica era muito comum a escrita de poemas, os quais eram comumente declamados em público com o auxílio de um instrumento chamado Lira. 

Uma das características principais desse gênero é a subjetividade, expressada através de sentimentos e emoções presentes nos versos. Além da linguagem conotativa,  essa categoria é marcada pelo uso de figuras de linguagem e um tom rítmico dado pelo eu-lírico.   

Gênero Dramático
Do grego 'ação', o drama constitui num gênero literário que na Grécia era tido como uma forma de louvar o deus Dionísio. Essa manifestação literária era dividida em atos e cenas compostas por textos sob a forma de diálogo  para ser apresentada/encenada nos palcos.  

Dois importantes subgêneros dessa categoria eram as tragédias, compostas por protagonistas oriundos de classes mais abastadas, com linguagem formal e um desfecho trágico; e as comédias, nas quais eram satirizadas situações comuns da sociedade por meio de personagens advindos das classes mais simples.

O gênero dramático inspirou a criação de muitas novelas e peças de teatro das quais temos conhecimento hoje, como o Auto da barca do Inferno, de Gil Vicente, considerado o pai da dramaturgia brasileira.

Por estarem em contato com a sociedade, organizando e mediando suas mais variadas formas de comunicação, tais gêneros acompanharam as mudanças sociais e foram ora transformados, ora substituídos. A esse novo conjunto nomeamos como gêneros literários contemporâneos.



Agora que você já recordou um pouco sobre os gêneros literários clássicos, vamos ver quais são os gêneros literários contemporâneos.

Quais são os principais gêneros literários contemporâneos?

Romance: Esse gênero é caracterizado por estruturar o texto em forma de prosa e não mais versos, como era feito no gênero épico. Aqui também já não é mais obrigatória a presença do herói. Possui elementos narrativos bem definidos, como a presença de personagens, espaço e tempo, por exemplo.

É possível ainda classificar subgêneros dentro do romance: realista, policial, modernista, infantojuvenil, terror e fantasia.

Conto: Já os contos possuem um tamanho menor, não sem razão, pois trata-se de uma narrativa composta por poucos personagens e espaço narrativo igualmente reduzido. Além disso, o tempo no conto também é curto e há apenas um momento de tensão literariamente conhecido como clímax.

Novela: Esse é um gênero que dá pano pra manga! Isso porque, embora as classificações existam, pode ser difícil classificar os textos às vezes. O gênero novela se encaixa em um desses casos, pois situa-se exatamente entre o conto e o romance. De maneira geral, a novela é um tipo de texto menor que o romance e maior que o conto. 

Além disso, nas novelas há uma presença maior de personagens,  alicerçados numa estrutura em que, diferentemente do conto, torna-se possível que diversos enredos se desenvolvam. 

Crônica: A crônica é um bom exemplo de gênero que surgiu em função das mudanças sociais. Isso porque textos dessa categoria foram criados para circular em meios de comunicação como rádios e televisão, posteriormente migraram para os livros.   

Os gêneros podem ainda ser classificados como sendo de ficção ou não ficção. Quer entender como isso acontece? Continue a leitura. 
 
O que são gêneros de não ficção?
Gêneros de não ficção possuem um caráter informativo e buscam relatar fatos, algo factual. Por essa razão, apresentam um tom impessoal, linguagem conotativa e sua estrutura é feita em forma de prosa.  Fazem parte dos gêneros de não ficção os textos bibliográficos, autoajuda, didáticos, acadêmicos, jurídicos e de negócios. 

O que são gêneros de ficção?
Já os gêneros de ficção, embora possam apresentar conteúdos pertencentes ao mundo real, também contêm em algum ponto de suas narrativas, traços do mundo imaginário. Fazem parte dessa categoria textos de conto de fadas, lendas, ficção científica, fantasia, crônica, entre outros.

Um adendo!
É comum que se confunda o gênero crônica como sendo não ficção. No entanto, embora as temáticas presentes nesse tipo de texto pertençam, muitas vezes, a acontecimentos reais, alguns recursos estilísticos como a repetição de palavras, a reiteração e a estrutura de períodos curtos permitem-nos classificá-la nessa categoria. 

As obras ‘20 mil léguas submarinas’ e ‘Hobin Hood’ representam bem a categoria de ficção. Já no cinema, a animação Avatar, dirigida por James Cameron, é uma boa representação do gênero.

E aí, gostou desse conteúdo? 
Deixa nos comentários qual o seu gênero preferido e qual livro desse gênero marcou sua vida.

Se já escreveu seu material e quer saber melhor qual a classificação dele e como podemos te ajudar a publicar, clique aqui e converse com nosso time.


Onde Publicar meu livro

                                          Publique seu Livro
 
Editora Viseu
R. Ver. Basílio Sautchuk, 762 - Zona 1
Maringá - PR, 87013-190
44 3041-2120