Clarissa - A construção de masculinidades como metáforas da sociedade gaúcha da década de 1930 - Editora Viseu
Olá, visitante! Login ou Cadastro |

Clarissa

A construção de masculinidades como metáforas da sociedade gaúcha da década de 1930

- Heidy Cristina Boaventura Siqueira (ver perfil)

Esta pesquisa analisa como as masculinidades dos personagens do primeiro romance de Erico Veríssimo, Clarissa, publicado em 1933, são construídas e expressadas...

Adquira em outras lojas

Compartilhar:  

Descrição do Livro

Esta pesquisa analisa como as masculinidades dos personagens do primeiro romance de Erico Veríssimo, Clarissa, publicado em 1933, são construídas e expressadas como metáforas da sociedade gaúcha da década de 1930. O estudo da biografia, obra e fortuna crítica de Veríssimo, e a contextualização do romance Clarissa no conturbado período de 1930 atestam que as masculinidades expressas pelos personagens podem ser refletidas como críticas a uma sociedade que, visando o capital, engendra o masculino e a literatura que romantizou estereótipos de heróis. Perquire, ainda, como o desempenho sexual, o êxito profissional, o imaginário de guerra, a religião e as artes reverberam no modo de ser do homem, exteriorizando-se nas suas premissas morais, modo de viver e pensar socialmente.

Ficha Técnica

ISBN 9786559853014
E-ISBN 9786559853021
Páginas 156
Edição número 1
Edição ano 2021

Newsletter

Quer ficar por dentro de nossas novidades? Assine nossa newsletter.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!